DVRs para sistemas de CFTV

O DVR – É o “cérebro” do sistema de câmeras de segurança.

Tem a função de gravar as imagens das câmeras de segurança em um HD, transmitir as imagens para os monitores de vídeo e permitir que as imagens gravadas sejam salvas (backup) em dispositivos como pendrive, etc.

Diferente de um computador, que normalmente é desligado e passa grandes períodos sem trabalhar, um DVR trabalha gravando imagens 24 horas por dia.

O DVR – É uma evolução em gravação, transmissão e reprodução de imagens de circuito fechado de Tv. Alguns modelos de DVRs possibilitam configurar cada câmera individualmente, com ajustes de qualidade de gravação e sensibilidade de movimento, de acordo com as condições do ambiente e aplicação.

A Gravação e reprodução dos vídeos com qualidade digital ou resolução HD, dependendo do modelo de DVR. Alguns modelos permitem a instalação de HD internos de 1 ou 2 TB (Terá Bits). Todos podem transferir imagens gravadas para mídias como PEN DRAVE.

GRAVAÇÃO DE ÁUDIO (opcional): Permite gravar e monitorar até 4 canais de áudio, (dependendo do modelo) sendo possível gravar e visualizar áudio e vídeo ao mesmo tempo, obtendo assim maior realidade nos eventos capturados. Para gravação de áudio é necessário mandato judicial, segundo a legislação Brasileira.

DETECÇÃO DE MOVIMENTOS: A tecnologia de detecção de movimentos inteligente permite selecionar pontos específicos da cena que não será gravado, mesmo que haja movimentação de pessoas ou veículos na área selecionada.

A partir da detecção de movimento é que o DVR inicia a gravação. Pode disparar um alarme, reproduzir um som no equipamento, enviar e-mail com imagens, fazer uma discagem para um número de telefone convencional ou celular, DDD, DDI, enviar o vídeo para uma central de monitoramento e disparar uma saída de relé, etc.

OPÇÕES DE GRAVAÇÃO:

Detecção de Movimento – Grava apenas os quadros em que há movimento, dando autonomia ao HD e otimizando os recursos de gravação e busca das imagens gravadas.

Tempo contínuo – Gravação ininterrupta, 24h/dia de uma ou todas as câmeras.

Agenda – Permite definir dias e horas do inicio da gravação.

Nota: Com o sistema de gerenciamento de CFTV atual baseado em DVR a tecnologia de multiplexação caiu em desuso, especialmente por depender de um Time Laps para a etapa de gravação das imagens. Os Time Laps tinham limitações para a gravação de imagens e apresentavam dificuldades técnicas para a localização de cenas gravadas e havia alto risco de se perder as cenas gravadas. Uma vez que o Time Laps utilizava uma fita de vídeo comum, modelo T120. Essa tecnologia não é mais utilizada para gravação de imagens de sistemas de segurança.

 

Saiba mais!  HD para gravar de imagens das Câmeras de Segurança.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s